NOSSO NEGÓCIO

A jornada da INOPAT começou em 2005, ao identificarmos a necessidade de novas opções de produtos para o mercado diagnóstico brasileiro, principalmente para identificação de tumores em tecido, no segmento da Patologia Cirúrgica.

NOSSOS PRODUTOS

Diagnóstico

Esta linha inclui principalmente reagentes para a realização de testes por imuno-histoquímica, imunofluorescência, hibridização in situ e outras técnicas moleculares.

Pesquisa

Para a área de pesquisa em Ciências da Vida oferecemos à comunidade científica soluções laboratoriais para o desenvolvimento de diversas técnicas em diferentes áreas de estudo.

Equipamentos

Fornecemos equipamentos e acessórios de última geração para o mercado diagnóstico e de pesquisa, visando a melhoria contínua da qualidade das amostras, assim como dos processos, para obter a maior segurança nos resultados.

Consumíveis

Nossa linha de consumíveis inclui produtos especialmente selecionados com os mais altos padrões de qualidade a fim de garantir a performance dos testes sem interferir na qualidade das amostras.

Com soluções integradas para realização de testes laboratoriais,  proporcionamos aos patologistas maior segurança diagnóstica e aos pesquisadores maior confiabilidade nas pesquisas em ciências da vida.

PARCEIROS

BLOG

Janeiro Verde – Mês de Combate ao Câncer de Colo de Útero

E neste mês de janeiro nossa causa é o câncer de útero. A doença é a terceira mais frequente em mulheres, ficando atrás apenas do câncer de mama e colorretal, e a quarta que mais mata pacientes do sexo feminino.

Nosso destaque do mês em imuno-histoquimica é para o anticorpo ANTI-P16

O p16, também conhecido como p16INK4a, um inibidor de quinase dependente de ciclina 2A (CDKN2A), é uma proteína supressora de tumor, que em humanos é codificada pelo gene CDKN2A no cromossomo 9p21. p16 e desempenha um papel importante na regulação do ciclo celular.

Leia mais »

Detecção de rearranjos de NTRK1 – FISH ou CISH Você escolhe!

As proteínas de fusão TRK são desencadeadores oncogênicos que ocorrem em uma ampla gama de tipos tumorais e com frequência variável, tanto em pacientes pediátricos quanto em adultos. Os três genes da família do NTRK (NTRK1, NTRK2 e NTRK3) possuem papéis importantes no desenvolvimento neuronal, sobrevivência e proliferação celular. Alterações gênicas como mutações ou hiperexpressão podem ser encontradas, porém as fusões envolvendo o NTRK são o mecanismo mais comum de ativação oncogênica.

Leia mais »

Novidade na Série Desmistificando a Doença COVID-19

Desde da sua descoberta, estudos variados veem mostrando que a quantificação da interleucina IL-6 humana é um dos principais mediadores inflamatórios associados com a COVID-19.

Já pensaram na possibilidade de quantificar a IL-6 em menos de 90 minutos?

Isso já é possível com o novo kit de ELISA da linha RAPID MAX™ ELISA Kit – IL-6.

Leia mais »
Fechar Menu