Problemas com a recuperação antigênica na sua rotina de Imuno-histoquímica?

A maioria dos tecidos fixados em formol necessita de uma etapa de recuperação antigênica para “desmascaramento” e localização do antígeno na técnica de imuno-histoquímica. A etapa de recuperação antigênica consiste na quebra das pontes de metileno que ligam as proteínas nos tecidos fixados em formol, permitindo a subsequente ligação dos anticorpos ou de sondas de DNA/RNA aos epitopos ou ácidos nucleicos de interesse.

Continuar lendo

ROS1 – Resultado final do Estudo clínico EUCROSS

Rearranjos de ROS1 são encontrados em 1% dos pacientes com câncer de pulmão. A eficácia terapêutica do crizotinib neste subgrupo já foi demostrada em estudos clínicos de fase inicial nos Estados Unidos e Leste da Ásia. Neste estudo são apresentados dados sobre eficácia e segurança de um estudo prospectivo de fase II avaliando o uso de crizotinib em pacientes europeus positivos para ROS1 (EUCROSS).

Continuar lendo

Vamos falar sobre HPV em Tumores de Cabeça e Pescoço?

A SBCCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço) destaca que homens acima de 50 anos, tabagistas e/ou alcoólatras eram as maiores vítimas dos cânceres de boca e orofaringe – região atrás da língua, o palato e as amígdalas. Porém o cenário vem mudando gradativamente, tanto em número de casos quanto em relação ao perfil das pessoas mais afetadas.

Continuar lendo
  • 1
  • 2
Fechar Menu